Postagens populares

Enfermagem Humanizada

Loading...

quarta-feira, 29 de junho de 2011

O crescimento da obesidade infantil em nosso país tem crescido assustadamente, pois nos últimos 20 anos teve um aumento de cinco vezes. E esse é um problema que muitas vezes passa despercebido pelos pais, o que não deveria acontecer já que as conseqüências da obesidade em crianças são consideradas bem graves, como problemas cardiovasculares, diabetes, além do aumento dos níveis de triglicérides e colesterol. Uma pesquisa realizada pela Sociedade de Pediatria de São Paulo concluiu que a obesidade infantil já atinge cerca de 10% das crianças brasileiras. De acordo com nutricionistas a obesidade de crianças deve ser tratada seriamente, já que esse problema pode trazer muitos problemas para a sua saúde e também problemas psicológicos. Mas, ainda os profissionais da área dizem que o melhor caminho a seguir é a prevenção da obesidade, para isso a criança deve ter uma alimentação saudável e equilibrada, consumindo ao menos um alimento de cada grupo em cada refeição. Esses grupos são: Reguladores, que seriam frutas, legumes e verduras. Eles são fontes de vitaminas, minerais e fibras. Outro grupo seriam os energéticos: cereais, pão, macarrão, batata, mandioca, farinhas, etc. Fontes de carboidratos, esses alimentos energia ao organismo. E ultimo grupo seriam os construtores: carnes de vaca e frango, peixes, ovos, leite e seus derivados e também as leguminosas como feijão, ervilha, lentilha, grão de bico, soja e outros. Esses são ricos em proteínas, cálcio e ferro.
Então é isso, papais de todo o Brasil, estejam atentos a alimentação de seus filhos e percebendo alguma alteração no peso deles corram a uma nutricionista o quanto mais rápido para solucionar o problema.



Nenhum comentário:

Postar um comentário